Porto Idade do Bronze

Devido à natureza extremamente abrangente deste menu, e ao contrário de todos os outros menus do loveporto.com, algumas imagens aqui presentes foram encontradas na Internet - a pesquisa incidiu, somente, em imagens sem assinatura e que, por esse motivo, mais facilmente se tenham tornado parte do domínio público, de modo a criar o mínimo de colisão possível. Se, porém, for o autor ou autora de alguma delas e não as quiser presentes no loveporto.com, não hesite em indicar a sua intenção, e a imagem será prontamente retirada, e substituída por uma outra. Se, por outro lado, quiser manter a imagem, mas a esta quiser associada uma breve assinatura ou sêlo de copyright, também será possível.

Pelo mesmo motivo, este menu será desprovido, sempre, de qualquer tipo de publicidade. Obrigado pela compreensão, viva o Porto, viva Portugal! :)
idade do bronze
Porto Idade do Bronze

Os primeiros vestígios ou traços de actividade humana na área hoje chamada de 'Porto' remontam à Idade do Bronze - mais concretamente ao Séc.VIII a.C.. Desde então nunca esta área deixou de ter actividade humana, pelo que a génese da cidade se encontra, já, a mais de 2700 anos de distância no Tempo...
1/160
megalítico
Porto Megalítico

Na Madalena existem vestígios do Megalítico com mais de 100 mil anos. Ainda que a urbe, enquanto urbe, tenha 2,7 milénios de História, a intervenção humana neste local aconteceu há mais de 100 milénios.
2/160
Descobrimentos
Porto Descobrimentos

Em 1394, naquela que é, hoje, a Casa do Infante, nasceu o Infante Dom Henrique. Conhecido como Pai dos Descobrimentos, foi ele que deu início, no Porto, à Era Dourada de Portugal, quando, a partir do Rio Douro, em 1415, navegou até África.
3/160
O Brasil
Porto Brasil

Foi o portuense Pêro Vaz de Caminha o autor da Carta da Descoberta do Brasil.
4/160
Portucale
Porto Portucale

O nome Portugal advém de Portucale, o nome da cidade portuária que, mais tarde, veio a chamar-se de Porto.
5/160
A República
Porto República

No dia 31 de Janeiro de 1891, naquela que é hoje chamada de Praça da República (e com rumo à hoje chamada de Praça da Liberdade), deu-se início ao primeiro movimento revolucionário para destituir a Monarquia e implantar a República em Portugal. Alguns homens pereceram no confronto com as tropas do rei, mas poucos anos depois a Monarquia caiu. Quanto ao rei, à semelhança daqueles que havia matado, também pereceu - assassinado.
6/160
A Democracia
Porto Democracia

Em 1948, na Praça Carlos Alberto e em plena Ditadura, mais de 200.000 pessoas receberam o General Humberto Delgado. Este advento traduz-se naquela que é a maior manifestação de sempre na História de Portugal e marca aquele que se tornou o primeiro passo para a vitória da Liberdade. A partir desse ponto o Regime enfraqueceu, o poder foi questionado, e deu-se aso, com isso, a todos os eventos que se seguiram até à erradicação absoluta da Ditadura.
7/160
Tripeiros
Porto Ceuta

O termo tripeiro, alternativa para portuense, e que hoje, por vezes, é inocentemente usado de forma pejorativa, tem como origem o facto da cidade ter oferecido, no Séc.XV, toda a carne ao exército, ficando apenas com as miudezas para subsistir. O propósito foi o de potenciar em máxima escala todos os batalhões que, em 1415, conquistaram Ceuta. Dos 45.000 homens enviados, apenas 8 pereceram - uma das proporções mais próximas do 'invencível' de toda a História de Guerra da Humanidade. O verdadeiro significado do termo tripeiro é, por isso, o espírito altruísta dos cidadãos, e, em simultâneo, a sua potência - muito próxima do indestrutível.
8/160
Cidade Invicta
Porto Cidade Invicta

Começou em 1832 e durou mais de um ano o reconhecidamente temível Cerco do Porto. Dentro das muralhas, 12.000 guerreiros defenderam a Invencibilidade de uma cidade nunca antes conquistada, e não conquistada a cidade se manteve. Os 60.000 opressores, inicialmente numa vantagem de 5 para 1, viram essa vantagem reduzida para zero, quando a cidade se manteve de pé (e praticamente intocada) face a uma força 5 vezes superior. Assim nasceu a alcunha 'Cidade Invicta' (Invencível ou Nunca Conquistada).
9/160
Capital do Norte
Porto Capital do Norte

Além de ter dado o nome a Portugal na incepção do País, no Porto iniciaram-se os Descobrimentos, deram-se os primeiros passos para a instauração da República e deu-se o primeiro grito de revolta que está na génese da devolução ao País da Democracia. Aquele a que podemos chamar de Poker de Ases da História de Portugal, surge, deste modo, pela mão da Invicta. O peso da História aliado ao peso cultural e socioeconómico trouxe à cidade uma outra designação - a de Capital do Norte. A relação do Porto face a Portugal equipara-se à relação de São Paulo face ao Brasil, Milão face a Itália, Xangai face à China, Barcelona face a Espanha, Mumbai face à Índia, ou Nova Iorque face aos Estados Unidos. Algo referido por esta última, no NY Times.
10/160
Soberania I
Porto Soberania I

A sociedade medieval era representada por 3 grandes forças - a Burguesia, o Clero e a Nobreza. Até ao Séc.XVI, o Porto proibiu a Nobreza de viver na cidade. Este é um indício curioso, e com 500 anos, que evidencia um ideal bem patente nos dias de hoje - os supremos interesses do País e dos seus cidadãos terão sempre prioridade sobre os lobbies do Governo, podendo estes segundos mover-se, somente, dentro dos moldes que o povo permite. Tal ideal, que noutras circunstâncias poderia soar a Utopia, sempre foi colocado em prática pelas Elites portuenses. Não poucas vezes na História de Portugal, houve circunstâncias em que o Governo disse 'ponto', e o Porto respondeu 'ponto e vírgula'. Para o interesse de quase todos, assim continuará a ser.
11/160
Soberania II
Porto Rainha

O Salão Árabe do Palácio da Bolsa não tem qualquer conotação à influência árabe, não havendo mesmo registos de influência arábica em toda a História da cidade. Este foi erguido pela Elite burguesa como símbolo máximo de poder e prestígio, e o propósito era o de servir como sala de visitas para os comerciantes e chefes de Estado de várias Nações do Mundo. A construção de uma megalomania árabe dentro de um País católico serviu, uma vez mais, como forma da Burguesia mostrar ao Clero que acima do poder dos cidadãos não existe nada - no fundo, a mesma mensagem que uns séculos antes foi mostrada à Nobreza. Soberania efectiva no seu melhor, e que sai largamente das margens do 'papel'. Desde sempre houve, por cá, quem soubesse a verdade: O Poder Absoluto não reside no acto de ordenar, mas na impermeabilidade a toda e qualquer ordem.
12/160
Douro
Porto Douro

A Região do Douro foi a primeira da História a ser demarcada como região vinícola do mundo. Tal aconteceu quando, em 1756, se criou a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro.
13/160
Agência Abreu
Porto Agência Abreu

Em 1840 foi fundada a Agência Abreu, a segunda agência de viagens mais antiga do planeta. Ainda está lá nos dias de hoje.
14/160
A Bolsa
Porto Palácio da Bolsa

Em 1842 começou a ser construído o Palácio da Bolsa. Este viria a ser a sede da primeira bolsa de valores do País, e para fazer jus a semelhante facto, foi criada, no interior, a Praça das Nações - um espaço amplo rodeado de vinte brasões, representando estes os vinte Países com os quais a cidade mais fazia comércio. O palácio tornou-se um símbolo do enorme cosmopolitismo que, no séc.XIX, o Porto detinha, e que só no séc.XXI começou a recuperar, depois de um século manchado pela sombra do Estado Novo. Ainda hoje o Porto não é, à escala da actualidade, o que foi no séc.XIX, à escala do seu tempo, pese embora os largos passos que se estão a dar nesse sentido.
15/160
Expo 1865
Porto Expo 1865

Em 1865, nos Jardins do Palácio de Cristal, decorreu uma das primeiras Exposições Internacionais (hoje chamadas de Expo) da História.
16/160
Rede Pública
Porto Carro Americano

Em 1870, entre a Praça do Infante e a Foz, foi iniciada a primeira linha de transportes públicos da Península Ibérica. Esta usava o na altura chamado de 'carro americano'.
17/160
Eléctrico
Porto Eléctrico

Em 1895, entre o Carmo e a Arrábida, entrou em circulação a primeira linha de eléctrico da Península Ibérica.
18/160
O 1º Filme
Porto 1º Filme

O primeiro filme português foi rodado na Rua Santa Catarina, em 1896. Chama-se 'Saída do Pessoal Operário da Fábrica Confiança', e é da autoria de Aurélio Paz dos Reis.
19/160
O 1º Voo
Porto 1º Voo

Em 1947 realizaram-se os primeiros voos comerciais de passageiros em Portugal. As rotas foram Porto-Lisboa e Lisboa-Porto.
20/160
Brasília
Porto Brasília

Em 1976, na Boavista, inaugurou-se o primeiro Centro Comercial da Península Ibérica. Sendo hoje uma sombra do que já foi, ainda se pode, hoje, visitar e fazer compras no velho Brasília - antiquado por um lado, mas eternamente um símbolo de cosmopolitismo e progresso.
21/160
Zara
Porto Zara

Em 1988, na Rua Santa Catarina, a gigante multinacional Zara instalou a sua primeira loja fora de Espanha.
22/160
Património
Porto Patromónio Mundial

Em 1996, o Centro Histórico do Porto foi classificado pela UNESCO como Património Cultural da Humanidade.
23/160
Vinho do Porto
Porto Vinho do Porto

86% do Vinho do Porto produzido é vendido fora de Portugal, sendo este, por isso, o produto português mais exportado.
24/160
Leixões
Porto Leixões

O Porto de Leixões, sozinho, representa 25% de todo o comércio internacional português, independentemente de qualquer tipo, área ou sector. É, por esse motivo, a infra-estrutura individual com maior peso a nível nacional. São movimentadas em Leixões quase 20 milhões de toneladas de carga por ano.
25/160
A Sinagoga
Porto Sinagoga

Presente na cidade desde que a cidade se conhece como tal, a comunidade judaica no Porto tem uma fortíssima presença. Na Boavista situa-se a maior sinagoga da Península Ibérica, a Sinagoga Kadoorie Mekor Haim, fundada em 1923, e que serve como grande centro de culto para judeus de várias nacionalidades.
26/160
Os Bilionários
Porto Bilionários

No decorrer do Séc.XX, três pessoas criaram fortunas de biliões em Portugal. Os 3 nasceram no Grande Porto.
27/160
A Pobreza
Porto Pobreza

Não se devendo tocar no lado de um espectro sem se abordar a outra ponta, há que referir que em meados do Séc.XX, com a Ditadura, Portugal era extremamente pobre - e o Porto não era excepção. Ainda hoje há mais de 33 mil pessoas a receber subsídio de desemprego e mais de mil pessoas sem abrigo. As favelas e bairros de lata, porém, foram extintos! Nos largos passos que se tem dado para erradicar a pobreza, bairros novos foram criados, outros recuperados, muitas medidas sociais foram tomadas, e hoje, numa escala de 0 a 1, o Índice de Desenvolvimento Humano está cotado como "Muito Alto: 0,9". Há, ainda assim, muito trabalho para ser feito... trabalho esse que vai ser feito (está sendo, desde já, feito).
28/160
Business
Porto Business

O Porto é a 31ª cidade do planeta onde decorrem mais Congressos e Colóquios Internacionais - posição que tem vindo a escalar, consistentemente, de ano para ano, desde há algum tempo. No Porto Convention Bureau é possível registar qualquer empresa ou marcar qualquer evento internacional - as condições oferecidas são de topo no contexto global.
29/160
Criopreservação
Porto Criopreservação

Dos 4 Hospitais Públicos portugueses que colhem, criopreservam e contribuem para o Banco Mundial De Células Estaminais, 3 deles são no Porto. São eles o São João, Júlio Dinís e Pedro Hispano.
30/160
Porto Protocol
Porto Protocol

A 6 de Julho de 2018, na Climate Change Leadership Porto Summit 2018, e apresentado por personalidades mundiais como Barack Obama (ex-Presidente dos E.U.A.), Mohan Munasinghe (Nações Unidas) e Irina Bokova (UNESCO), nasceu o The Porto Protocol, um protocolo global que pretende unificar o maior número possível de empresas à escala planetária a este tema tão importante para o futuro da Terra. A partir de hoje esta cimeira internacional realizar-se-á de 2 em 2 anos, juntando o Porto a Paris no mapa dos grandes epicentros globais daquele que é, porventura, o mais importante tema da actualidade e do futuro: O Clima.
31/160
Porto.Card
Porto Card

Uma das melhores compras que qualquer cidadão não portuense pode fazer quando chega à cidade é o Porto.Card - um cartão que dá acesso ilimitado a todas as linhas de metro e autocarros, a descontos em qualquer tipo de actividade lúdica, turística ou cultural, desde museus a restaurantes e cafés, a passeios de comboio turístico e passeios de barco, helicóptero, ou outras alternativas ainda mais radicais, e ainda a lojas ou serviços de aluguer de bicicletas, e ainda dezenas de circuitos turísticos e modalidades especiais para crianças, famílias, casais, e muito mais. Sucintamente, o Porto.Card alia a comodidade à tecnologia, e coloca a cidade à tua disposição!
32/160
Intermodalidade
Porto Intermodalidade

Com a aplicação 'Anda' do serviço 'Andante', basta um telemóvel para andar nos transportes do Porto. A título de exemplo, é possível, sem comprar qualquer bilhete, apanhar um autocarro de Leça da Palmeira para a Boavista, o metro da Boavista até Campanhã, e de seguida um comboio urbano de Campanhã até Espinho. Todos os transportes usam o mesmo sistema, estão todos ligados, e debitam quaisquer custos automaticamente na conta de quem valida - Andar de transportes públicos no Porto é facílimo!

Vários transportes públicos, vários municípios, uma só metrópole.
33/160
Passe Único
Porto Passe Único

Ainda no âmbito da Intermodalidade, foi recentemente criado o pioneiro 'Passe Único'. Com um só cartão é, agora, possível percorrer cada metro quadrado de toda a área metropolitana, independentemente de quais transportes públicos ou linhas se escolham. Por apenas 40€ mensais, todos os autocarros, camionetas, metros, comboios, eléctricos e funiculares estão disponíveis em todas as Zonas. Existe, ainda, para os que não precisam de tanto, uma versão por apenas 30€ que cobre 3 Zonas à escolha. O valor do passe mais caro traduz-se em 3% do ordenado médio e 7% do ordenado mínimo - um valor consideravelmente baixo para um padrão de mobilidade que não é somente elevado, mas total.
34/160
Municípios...
Porto Municípios

É relativamente comum, em jeito de brincadeira, dizer-se que o Porto não tem aeroporto - que a Maia é que tem. O aeroporto, por sua vez, cobre não apenas a Maia, mas também Matosinhos e Vila do Conde. Este facto evidencia o quão pequenos são os municípios desta região, e o motivo pelo qual, em última instância, tantos são os concelhos que compõe a cidade-metrópole (à qual podemos chamar, somente e cada vez mais, de Porto, sem prefixos nem sufixos).
35/160
A Escala
Porto Escala

Percorrem-se mais quilómetros para atravessar o Grande Porto duma ponta à outra do que para ir do limite do Porto até Braga (a norte), Aveiro (a sul), Guimarães (a norte) ou Amarante (a leste).

Numa outra nota, caso rodássemos a metrópole em 90º (como na imagem) e colocássemos uma das suas pontas na Figueira da Foz, a outra ponta tocaria na margem oriental de Coimbra, o que faria da Cidade Briosa parte de uma conurbação litoral! Tendo em conta a realidade portuguesa, apenas um adjectivo define a mancha de luzes em cima: Enorme.
36/160
O Noroeste
Porto Noroeste

É impossível sobrevoar-se o percurso Braga - Aveiro de noite sem que se esteja rodeado de luzes por todo o lado. Cerca de metade do caminho é feito a atravessar o Porto, e o restante a passar pelas muitas vilas e cidades do Noroeste Metropolitano, separadas entre si por escassos quilómetros ou, em vários casos, adjacentes. Apenas para norte de Braga, leste de Amarante e sul de Aveiro é que se entra numa área que não é predominantemente urbana. Com 3,21 milhões de pessoas distribuídas em apenas 4% do território nacional, esta é a maior concentração populacional de Portugal e uma das mais populosas da União Europeia. Nem mesmo os limites municipais, metropolitanos e regionais alteram este facto.
37/160
Auto-estradas
Porto Auto-estradas

Com 309 quilómetros de extensão, a malha de auto-estradas dentro do perímetro do Grande Porto é ligeiramente maior do que a mais comprida auto-estrada de Portugal - a A1, que tem 306Km.
38/160
Boavista
Porto Auto-estradas

A mais extensa avenida em linha recta de Portugal - a Avenida da Boavista - situa-se na zona ocidental da cidade e liga a Boavista ao Oceano Atlântico. No decorrer de mais de 5 quilómetros atravessa zonas de mansões e palacetes, áreas dedicadas a escritórios e ainda o Parque da Cidade, bem perto de onde a cidade desagua no mar. Por estar perfeitamente alinhada com o pôr do Sol, descê-la ao fim da tarde quando o Atlântico está inundado de luz e o alcatrão reflecte tons de laranja quase tão brilhantes quanto o céu, pode ser uma experiência assaz libertadora. Assaz ampla. Assaz Porto.
39/160
A Rotunda
Porto Auto-estradas

Devido à sua dimensão, a Praça Mouzinho de Albuquerque é mais conhecida por Rotunda da Boavista (para os nossos irmãos brasileiros, rotunda é a palavra portuguesa para giratória) - esta não é 'uma' rotunda, é mesmo 'a' rotunda - com 244 metros de diâmetro, poderia conter qualquer um dos estádios do Euro2004.
40/160
Santa Catarina
Porto Auto-estradas

De acordo com dados recentes, a Rua Santa Catarina, na Baixa, é a rua com mais tráfego pedonal de Portugal. Não só ocupa o primeiro lugar como apresenta alguma discrepância face a qualquer outra rua - um fluxo de 4.200 pessoas por hora, em comparação com as outras ruas comerciais do País, que variam entre as 1.600 e 3.600 pessoas horárias. Verificou-se, ainda, no espaço de apenas uma década, um aumento de 20% desse mesmo tráfego, sugerindo que em 2025 possa haver um movimento horário superior a 5.000 pessoas. Para a moderada extensão da rua a densidade é muito elevada - equipara-se, como é possível ver na imagem, às movimentadas ruas de algumas cidades asiáticas.
41/160
1/4B+ Tráfego
Porto Pontes

Com 231 mil veículos diários de tráfego, as duas pontes auto-estrada do Porto (Arrábida e Freixo) seriam suficientes para fazer do Estuário do Douro o ponto fluvial mais atravessado de Portugal - tamanha discrepância aumenta, porém, quando lhe somamos as Pontes do Infante e D. Luís I. Nos últimos 15 quilómetros do Douro passam ainda os comboios urbanos, Intercidades, Alfa, e, ainda, a linha amarela do Metro. Quando lhe adicionamos o tráfego pedonal obtemos um número total de travessias acima das 250 milhões anuais. Para que tenhamos alguns pontos de referência, anualmente as pontes da Invicta são atravessadas por 125% da população do Brasil, e em menos de 3 são atravessadas pelo equivalente à população da Europa. É muita gente em movimento!
42/160
Arquitectura
Porto Arquitectura

Dois portuenses foram galardoados com o Prémio Nóbel da Arquitectura - o Prémio Pritzker - são eles Álvaro Siza Vieira (à direita) e Eduardo Souto Moura. O Porto é, com efeito, a única cidade do mundo com dois Pritzker!
43/160
Cinema
Porto Cinema

Com 106 anos de idade, Manoel de Oliveira foi o cineasta em exercício mais velho da História da Humanidade. Também por isso, mas não apenas, foi o que realizou mais filmes. Ao todo, foram 58. Será sempre uma grande figura do Cinema e Cultura mundiais.
44/160
Desporto
Porto Desporto

Com 217 títulos, Pinto da Costa é, de longe, a personalidade do Desporto com mais troféus ganhos a nível mundial. É possível, ainda, que este recorde nunca venha a ser batido, uma vez que este é fruto de mais de 30 anos de presidência num clube com várias modalidades, e muito ganhador em todas elas. E porque se convencionou que o Futebol é o Desporto Rei, também no futebol Pinto da Costa continua a ser o líder mundial - ao todo, 59 troféus, incluindo duas Ligas dos Campeões, duas Ligas Europa, duas Taças Intercontinentais e uma Supertaça Europeia. Se a disputa pelo prémio de melhor jogador do mundo vai sendo disputada, o prémio de melhor Presidente não tem disputa possível.
45/160
F.C.Porto
Porto FCP

Com 120 mil sócios, o FCP é o 5º clube mundial com maior massa associativa. Com mais de 3 milhões de seguidores no Facebook e meio milhão no Twitter, é o clube português mais seguido nas redes sociais. Em 2005 foi avaliado como o 25º clube mais valioso do planeta, e foi, ainda, o único clube português a pertencer ao G14 - a Elite dos clubes europeus. A par do Real Madrid e do Barcelona, é o clube europeu com mais presenças na Champions League. Quando na mesma frase se junta a palavra 'Europa' e a palavra 'Futebol', é altamente provável que nessa mesma frase conste, também, a sigla 'FCP'.
46/160
Títulos Dragão
Porto Dragão Títulos

Se contarmos apenas de 2003 para a frente (desde que o Dragão existe), este foi o estádio da Europa com mais títulos conquistados até 2014. Mesmo depois de um jejum de 4 anos sem que o FCP ganhasse absolutamente nada - algo que não acontecia desde 1977... - continua no Top3 Europeu. Visitar o Museu do FCP, independentemente de se ser ou não do clube, de se gostar ou não de futebol ou desporto no geral, é sempre deslumbrante - no meio de tantos e tão importantes troféus, a palavra "Glória" está lá escrita em estado sólido.
47/160
Futebol
Porto Vítor Baía

Com 33 títulos conquistados, Vítor Baía é o 4º jogador do mundo com mais títulos de sempre. Jogou 566 jogos ao serviço do Porto, 87 ao serviço da Seleção Nacional, e 54 ao serviço do Barcelona. Recebeu ainda 36 prémios individuais, foi o primeiro jogador português a atingir as 75 internacionalizações, e é um de apenas 9 jogadores que conquistaram os três principais títulos da Europa. Na Cápsula do Tempo enterrada pela UEFA em 2004 foram colocadas as suas luvas, tornando Vítor Baía num dos Imortais da História do Futebol.
48/160
Atletismo
Porto Rosa Mota

Rosa Mota, a maior atleta portuense de sempre, trouxe para Portugal a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Seul'88, no Campeonato do Mundo de Roma'87, nos Campeonatos Europeus de Atenas'82, Estugarda'86 e Split'90, nas Maratonas de Roterdão'83, Chicago'83 e '84, Tóquio'86, Boston'87, '88 e '90, Osaca'90 e Londres'91. Trouxe ainda o Bronze nos Jogos Olímpicos de Los Angeles'84. Além dos sucessos desportivos, foi ainda galardoada com várias distinções de honra, e foi considerada pela AIMS como a melhor maratonista de todos os tempos. Em 1991, o antigo Pavilhão dos Desportos - ícone da cidade situado nos Jardins do Palácio - foi rebaptizado para Pavilhão Rosa Mota. Que Ser Humano extraordinário!
49/160
Boavista F.C.
Porto Boavista FC

Ainda que a discrepância entre os chamados Três Grandes e os restantes clubes de Portugal seja, infelizmente, muito grande, existe uma proeza que nenhum destes 3 clubes poderá roubar ao Boavista em quase mil anos! Quando o Boavista ganhou o Campeonato Nacional 2000-2001 garantiu o título de "Primeiro Vencedor do Milénio", pelo menos, até ao Ano 3001. Caso para se dizer que existem os Três Grandes... e existe o Boavista - o clube que fez com que o Porto tivesse não apenas um, mas dois clubes detentores do título máximo do Futebol Nacional.

Que belos tempos, algures na frescura dos Noventas - na Antiga Casa dos Meus Avós - quando à noite o Boavista jogava: "Hoje joga o Boavista" - dizia o meu Avô, apontando para a luz dos holofotes boavisteiros que se viam da varanda...
50/160
Oporto Golf Club
Porto Golf Club

Fundado em 1890 por ingleses radicados no Porto, o Oporto Golf Club é o mais antigo Clube de Golfe da Península Ibérica, e o 4º da Europa.
51/160
A 1ª Taça
Porto Primeira Taça

Fazendo jus à antiguidade do clube mencionado na curiosidade atrás, é ali mesmo que se realiza o mais antigo torneio de golfe do mundo - a Taça Skeffington - nome que honra o nome do primeiro Presidente. Esta decorre ininterruptamente desde 1891!
52/160
Casamentos
Porto Casamentos

De todos os casamentos realizados na cidade, apenas 28,5% são Católicos - um valor surpreendentemente baixo para um País Católico.
53/160
Idade
Porto Jovem

84% da população do Noroeste Metropolitano tem menos de 65 anos. Já aqueles cuja idade não chega aos 15 é de 15%. Estes valores indicam uma população muito jovem no contexto global, e extremamente jovem no contexto europeu, onde a população tende a ser muito envelhecida. Para que se tenha uma noção mais concreta, residem num espaço equivalente a 4% de Portugal 2.696.400 pessoas com menos de 65 anos! E 481.500 crianças com menos de 15.
54/160
Parque da Cidade
Porto Parque da Cidade

O Parque da Cidade é o único parque urbano da Europa com frente marítima. É, ainda, o mais vasto parque português, com 1,5 quilómetros duma ponta à outra.
55/160
Mar Shopping
Porto Mar

Com mais de 100 mil metros quadrados de Área Bruta Locável e 5.100 lugares de estacionamento, o Mar Shopping é o maior centro comercial do Grupo Ikea da Europa. Foi ainda o primeiro centro comercial do Grupo a ser construído na Península Ibérica. Anualmente recebe 12 milhões de visitantes, sendo por isso ultrapassado pelo Norteshopping, que, não obstante ser mais pequeno, recebe 16 milhões.
56/160
O Sanatório
Porto Sanatório

Agora ao abandono, o Sanatório de Valongo é dos locais mais sombrios e tétricos que podem ser visitados em Portugal. Palco de sofrimentos e agonias que agora estão no passado, é hoje conhecido por estar não apenas assombrado, mas possuído pelas almas que fazem das paredes decrépitas o seu corpo. Conhecido pelos rituais estranhos que lá se praticam de noite, este é um dos sítios de eleição para os aventureiros do oculto. Se as lendas são falsas ou verdadeiras, só Deus e o Diabo saberão - as vistas que de lá se têm, porém, são deslumbrantes para qualquer um. Entre as práticas diurnas destacam-se as sessões fotográficas, os casamentos e as partidas de paintball.
57/160
Catacumbas
Porto Catacumbas

Debaixo da cidade existe uma outra cidade! Trata-se de uma rede de túneis e galerias com vários quilómetros de extensão que serviu a cidade (de cima) ao longo de séculos. Em destaque está o Jardim de Arca D'Água, que deve o seu nome à enorme arca de água situada no subsolo - uma estrutura apoiada em arcos e com quilómetros de túneis e galerias adjacentes construídos para abastecer o velho burgo com água desde, pelo menos, 1392. Actualmente é possível visitar o Porto Subterrâneo em pequenas excursões.
58/160
Rio SubterrÂneo
Porto Rio Subterrâneo

Além da cidade abaixo da cidade, existe, também, debaixo da cidade de cima, um rio que não o Douro. Na Baixa, algures na zona de São Bento, passa um rio subterrâneo - o Rio da Vila. Este antigo curso de água, cuja existência está registada em escritos que remontam ao ano 1120 sob o nome de Canellem maiourum, pode, à semelhança das galerias citadas na curiosidade anterior, ser visitado pelo público geral. Até ao Séc.XIX, porém, serviu como uma importante fonte de água para os habitantes.
59/160
O Obelisco
Porto Obelisco

Na Boavista existe um monumento que sempre salta à vista dos turistas provenientes do Sul de Portugal - o Monumento aos Heróis da Guerra Peninsular. No topo, um leão esmaga uma águia (representando o primeiro os Aliados Ingleses e a segunda as Forças Napoleónicas) - sem surpresas, o Photoshop já foi usado para colocar um Dragão em cima dos dois. Depois do Cristo Rei, em Lisboa (Almada), é a estátua mais alta de Portugal, e uma das mais altas do mundo.
60/160
Rio de Janeiro
Porto Infante Rio

A Estátua do Infante D. Henrique, situada na Praça com o mesmo nome, está a apontar numa direcção... Para onde? Para o Rio de Janeiro! Por isso, caríssimos e caríssimas cariocas, quando estiverem na Invicta e quiserem olhar para casa, olhem para onde o Infante aponta :) Nunca se esqueçam, todavia, de que quando estão no Porto também estarão, por certo, em vossa casa ;)

#LoveBrasil
61/160
O 1º Cristo
Porto Cristo

Com origens que remontam ao Séc.XII, o Senhor da Igreja Matriz de Matosinhos é o mais antigo Cristo em escala real existente no País.

Reza a lenda que no ano 124 o Oceano Atlântico depositou em Matosinhos este antigo Cristo, esculpido por Nicodemos, testemunha dos últimos anos da vida de Jesus. Consta, também, que um dos braços, solto do corpo, foi lançado para uma fogueira, confundido como um banal pedaço de lenha, mas que saltou para fora desta, uma, outra e outra vez, recusando-se a arder. Os relatos contidos neste segundo parágrafo são, no entanto, apenas mitos.
62/160
O 1º Farol
Porto Pilotos

Datado de 1527, o Farol de São Miguel-O-Anjo, situado onde o Douro desagua no Atlântico, é o mais antigo farol de Portugal, e, ainda, um dos mais antigos da Europa e do Mundo.
63/160
Navios
Porto Navios

Até hoje, ainda não foi criada uma forma de impedir que alguém, a partir da Praia de Matosinhos, siga pelas rochas do paredão até à boca do Porto de Leixões, e mergulhe em pleno mar alto. A experiência de ver um navio post-panamax a aproximar-se de tão perto, ao nível da água, é aterradora!
64/160
1M de Azulejos
Porto Navios

Mesmo à distância é perfeitamente perceptível, para quem olha para o Terminal de Cruzeiros de Leixões, a textura escamada que nos remete para um qualquer objecto marinho de cariz algo mitológico. Semelhante textura é obtida por uma matriz de azulejos hexagonais montados, um a um, de forma irregular. Ao todo, um milhão de hexágonos cobrem esta magnífica obra.
65/160
Linha Azul
Porto Linha Azul

Com 23 quilómetros de extensão, a Linha Azul é o maior contínuo europeu de praias galardoadas com a Bandeira Azul. Além de excelentes para se fazer praia e tomar banho, são ainda uma opção para quem quiser passear ou fazer jogging, uma vez que um enorme passadiço de madeira com 23 quilómetros de extensão junta todas as praias de Gaia e Espinho, possibilitando, inclusive, a hipótese de uma maratona sempre à beira mar - o trajecto é muito simples: Lavadores - Espinho - Lavadores.
66/160
O Passadiço
Porto Passadiço

O passadiço referido na curiosidade anterior é composto por mais de 138 mil troncos, 265 mil tábuas, 4,6 milhões de pregos e 50 quilómetros de corda.

É um dos mais compridos passadiços marítimos contínuos do mundo, e em regime de passeio, quem o iniciar depois do almoço chegará ao outro lado por volta da hora de jantar - esse é, de resto, um excelente plano para todos os que venham ao Porto mais do que um dia - independentemente da altura do ano.
67/160
Iodo
Porto Iodo

A costa portuguesa e o norte de Portugal são conhecidos pela sua elevada concentração de iodo - um elemento vital para a saúde e bem estar, que, entre outras vantagens, ajuda a regular o sistema imunitário, ajuda a manter o bronze na pele, fortalece o cabelo, ajuda a perder peso ao maximizar o uso de calorias, e aumenta os níveis de energia e boa disposição. No TOP5 das praias portuguesas com mais iodo - constam as Praias da Aguda e de Lavadores - ambas na Linha Azul: um pequeno paraíso pintado em tons de ouro e turquesa, logo ali, tão perto de onde (quase) tudo acontece!
68/160
Sol ou Chuva?
Porto Meteorologia

A precipitação anual na cidade é altíssima! Tão alta que, ao longo das décadas, permitiu a certas entidades vender a ideia de que no Porto faz pouco Sol - afinal, se faz muita chuva fará, por certo, pouco Sol. Bom, não é bem assim, uma vez que muita chuva não é sinónimo de muito tempo a chover - apenas de muita água. E o já famoso aguaceiro do Porto é capaz de fazer cair mais água sobre a cidade numa hora do que a murrinha de Londres o faz durante um mês - daí as precipitações altas. Na verdade, os valores de insolação do Porto rondam as 2.850 horas anuais - se as compararmos às 3.100 horas anuais de Faro, podemos concluir que o tempo de Sol no Porto é de 92% do registado no Algarve. A insolação da cidade está, ainda, acima do dobro da insolação média da Europa Central.
69/160
Palmeiras!
Porto Palmeiras

Símbolo de calor, bom clima, paz, fertilidade e sucesso, a palmeira tornou-se uma das árvores favoritas aquando da construção de jardins, parques, avenidas, quintais e outras zonas comuns, um pouco por todo o lado, e desde há muito tempo - o que fez com que esta árvore se tornasse a mais comum do Porto entre as não autóctones. Esta pode ser vista em modernas urbanizações ou bairros históricos, a ornamentar sedes de empresas ou igrejas, a percorrer linhas costeiras ou parques românticos - é difícil andar muitos metros sem que uma palmeira não espreite, ali, algures, num qualquer lugar.
70/160
Meca do Surf
Porto Surf

São, ao todo, 48, o número de Escolas de Surf existentes de Norte a Sul das Praias do Porto. Isto faz desta costa a área com maior concentração de Escolas de Surf da Europa, e é o reflexo não apenas da extensa linha de praias mas da grande ligação da cidade ao mar.

Numa outra nota, é também de destacar que uma das maiores ondas surfáveis do mundo - a onda da Nazaré - se encontra apenas a 160km. Essa é, de resto, apenas uma das muitas preciosidades oriundas do Distrito de Leiria. Outras? A própria Leiria e Nazaré, Alcobaça, Batalha, Pombal, Pataias, Foz do Arelho, Berlengas, Óbidos, Peniche, Mira Daire, Caldas da Rainha, Bombarral, Porto de Mós, São Pedro de Moel, Marinha Grande e muito mais... :)

#LoveLeiria
71/160
Alcunhas
Porto Alcunhas

Nem só as pessoas ou as cidades têm alcunhas - por vezes, certos lugares também as têm. É o caso do Forte de São Francisco Xavier, hoje (muito) mais conhecido por Castelo do Queijo, por ter sido edificado num penedo que parecia um queijo. Ou a Praça de Gomes Teixeira, (muito) mais conhecida por Praça dos Leões, por nela se situar a famosa Fonte dos Leões, onde a pirâmide praxística se inverte. Ou ainda a Rotunda AEP, mais conhecida por Rotunda dos Produtos Estrela, por ali se ter situado uma fábrica (agora extinta) com o mesmo nome. Uma adição mais recente à cidade, o monumento She Changes, é bem mais conhecido por Anémona, pela sua forma peculiar.
72/160
Fozeiros
Porto Fozeiros

Grandes cidades concentram grandes números de culturas - não apenas culturas de vários países, ou mesmo culturas nacionais distintas unidas num só ponto, mas culturas da própria cidade, onde o Bairro X e o Bairro Y bem que poderiam ser de Continentes diferentes que a modo algum pareceria estranho. As sub-culturas urbanas do Porto são muitas, e de tão diferentes que são até adquirem nomes. Um deles é o termo Fozeiro - nome dado ao 'habitante da Foz', e que carecteriza um 'Ser Humano a todos os níveis chiquérrimo'. Depois há os Gunas, no outro lado do espectro, que trocam a chiqueza pela testosterona (quando em grupo), e podem à primeira vista parecer extremamente letais...
73/160
Arco Arrábida
Porto Arrábida

Quando a Ponte da Arrábida foi inaugurada, em 1963, o seu arco era o maior arco de betão armado do mundo. Mesmo nos dias de hoje continua a ser um dos mais compridos.
74/160
Subir o Arco
Porto Subir Arrábida

Nos dias de hoje, com a Porto Bridge Climb, é possível ao público geral escalar o arco da Arrábida até ao topo. Lá em cima, a 65 metros da água, encontra-se um dos lugares mais sossegados da cidade e onde as vistas são deslumbrantes - segundo a Porto Bridge Climb, encontra-se ainda à espera "uma surpresa deliciosa". Desde 2016 que o arco da Ponte da Arrábida é o único arco de ponte na Europa aberto ao público.
75/160
Clérigos
Porto Clérigos

Há mais de duzentos e cinquenta anos como um dos principais ex-líbris da Invicta, este monumento é um dos mais visitados da cidade e do País - para todos os que pretenderem chegar-lhe ao topo, espera-lhes uma subida de 225 degraus - o equivalente a um prédio de 20 pisos. Apesar de já não ser o edifício mais alto do burgo, em 1754 - para a escala do seu tempo - era um autêntico 'arranha-céus'.

A juntar-se à sua altura considerável a partir do chão, junta-se o facto desse mesmo chão estar a uma altura considerável do rio Douro (que se situa muito ao perto) - pelo que, quando a vemos na meia distância, algures num outro lugar da Baixa ou Centro Histórico, esta adquire ainda mais imponência, e é, ainda, porventura o mais relevante elemento do skyline histórico da cidade.
76/160
Torre RTP
Porto RTP

Portugal não é, infelizmente, um País de arranha-céus - em boa verdade, nada se aproxima, sequer, da essência daquilo que é um 'supertall', e uma breve visita a Hong Kong evidencia-nos semelhante realidade. Porém, não estamos desprovidos das nossas estruturas em altura - algumas das quais consideravelmente altas. De todas as estruturas subíveis, a mais alta de todas elas, com 177 metros, é a Torre RTP, que, por estar no topo do Monte da Virgem, simula a altura de um arranha-céus de 386 metros para quem a visita, ou para quem a vê à distância! Esta não é, todavia, a mais alta estrutura absoluta em Portugal. É ultrapassada pelos pilares da Ponte 25 de Abril, em Lisboa, as chaminés da refinaria de petróleo, em Sines, e a Antena da RR, em Muge (é impossível subir a qualquer uma destas).
77/160
Metro Biliões
Porto Metro1

O custo inicial da rede do Metro do Porto foi de 2,4 biliões de euros. Este valor torna esta obra o maior investimento que decorreu na Europa no ano 2002. Caso olhemos somente a projectos dedicados a transportes e mobilidade, terá sido mesmo a obra mais cara a nível mundial no decorrer desse ano, e ainda da primeira década do Séc.XXI em toda a Europa.
78/160
Imperfurável
Porto Metro2

Apesar do metro ter chegado ao Porto apenas no Séc.XXI, este já vinha sendo discutido desde os meados do Séc.XX. Na altura, uma das grandes entraves apontadas era o subsolo muito duro da cidade, e a impossibilidade de construção de linhas subterrâneas num subsolo assim. Hoje, a zona mais densamente subterrânea da rede é precisamente nessa mesma área 'impossível'. O resto da rede, apesar de não subterrânea, é, na sua maioria, em canal dedicado, e por isso, igualmente rápida.
79/160
O Coliseu
Porto Coliseu

Em 1995 o Coliseu do Porto esteve quase a ser comprado pela IURD - mas a população revoltou-se, manifestou-se aos milhares, e alguns ainda se acorrentaram às portas e ao próprio edifício, dizendo que se ali quisessem fazer alguma coisa, primeiro teriam de os matar e passar-lhes por cima. Nos dias de hoje o Coliseu mantém-se como Coliseu.
80/160
Time Out
Porto Time Out

O Porto é uma das 60 cidades do mundo com uma edição da revista Time Out.
81/160
Hard Rock
Porto Hard Rock

Um dos 191 Hard Rock Cafe do mundo pode ser visitado na Invicta.
82/160
Sea Life
Porto Sea Life Out

O 30º Sea Life do mundo foi construído em 2009, na Foz, entre o Parque da Cidade e a Praia Internacional.
83/160
Comic Con
Porto Comic Con

Em Leça da Palmeira decorre, habitualmente, uma das (não tantas quanto isso) alternativas mundiais à gigante de San Diego.
84/160
Red Bull Air Race
Porto Red Bull

O Rio Douro é um dos palcos mundiais daquela que é aclamada como a 'Fórmula 1 dos Ares' - a gigante Red Bull Air Race.
85/160
F1H2O
Porto F1H2O

Também no estuário do Douro correm as super-máquinas do F1H2O - literalmente, a 'Fórmula 1 da Água'.
86/160
Carros!
Porto Carros

Fórmula 1 do Ar, Fórmula 1 da Água... e a Fórmula 1 da Terra - a verdadeira Fórmula 1? Bem, essa já não corre por cá há muitas décadas, mas a verdade é que já correu - No Séc.XX, e em plena Boavista! Nos dias de hoje, o Circuito Urbano da Boavista tem sido palco, entre outras competições, da 2ª prova de automobilismo mais importante do mundo: O WTCC. Ou as não tão importantes mas quiçá mais carismáticas corridas de clássicos - Lamborghinis Miura já açaparam atrás de Lolas T70, e Lotus Europa à frente de Carochas, com um ronco que não vale a pena descrever aqui por palavras, por ser necessário estar lá para que se perceba a verdadeira essência da coisa... :' )
87/160
Maratona
Porto Maratona

A EDP Maratona do Porto entrou recentemente para a Elite mundial, quando lhe foi atribuída, pela International Association of Athletics Federations (IAAF), O grau de Bronze Label Road Race. Esta começou já no Séc.XXI, em 2004, e contou, na altura, com 317 atletas. Hoje são mais de 15 mil aqueles que participam, e a sua componente internacional é bastante forte, com atletas oriundos de 69 países e uma participação estrangeira absoluta de 27%. Em Portugal é mesmo aquela que conta, actualmente, com a maior adesão. A maior curiosidade desta maratona, porém, é o seu contacto quase constante com a água, uma vez que quase todo o percurso é feito ou à beira mar ou à beira rio! A maior maratona de Portugal integra, hoje, as World Major Marathons, juntamente com as mais reconhecidas do mundo, Tóquio, Boston, Londres, Berlim, Chicago e Nova Iorque.
88/160
Beach Party
Porto EDP Beach Party

Uma das principais beach party do mundo - a Galp Beach Party - decorre todos os anos em Leça da Palmeira. Ao som das novas tendências da música electrónica, a praia transforma-se numa mega discoteca onde se agregam largas dezenas de milhar de pessoas. É mesmo conhecida e promovida como 'a maior da Europa' - São 24 horas de música non-stop!
89/160
Festivais (M)
Porto Festivais Música

A zona do Porto oferece mais de três mãos cheias de Festivais de Verão - os de grande porte (1) NOS Primavera Sound, (2) MEO Marés Vivas, (3) North Music Festival e (4) ZEE Festival, os dedicados à música nacional (5) NOS Em D'Bandada e (6) Noites Ritual, os grandes festivais de electrónica (7) RPMM 'Representing People Music Movement' Portugal e (8) Tomorrowland, o eclético (9) Elétrico - Porto Music Experience, onde a música se mistura com inúmeras formas de arte, e ainda os (10) Walk & Dance, (11) Galp Beach Party, (12) Azurara Beach Party, (13) Basqueiral, Festival Internacional de Música de (14) Gaia, (15)Espinho, (16) Gondomar, (17) Póvoa de Varzim e o (18) Matosinhos em Jazz. Como bónus há, ainda, a (19) Queima das Fitas, que não sendo oficialmente um Festival de Verão, funciona, em essência, como um. E dos grandes!
90/160
Festivais (C)
Porto Festivais Cinema

No Cinema a oferta quase que não fica atrás! São eles o (1) Fantasporto, (2) Cinanima, (3) Curtas de Vila do Conde, (4) Porto/Post/Doc, (5) Nau, (6) Fest, (7) Porto7, (8) Fashion Film Festival, (9) Queer Porto, (10) Porto Femme, (11) Cinema Fora do Sítio, (12) Cine Futebol Clube, (13) IndieJúnior Allianz, e (14) Black and White. Das curtas às longas, do cinema português ao estrangeiro, do futebol à moda, da animação à película, do infantil ao queer, do preto e branco ao psicadélico, dos novos realizadores aos veteranos , do documentário ao fantástico, dos screenings em salas convencionais aos espaços urbanos à noite, também no cinema se pode dizer que um pouco de tudo acontece por cá :)
91/160
Serralves
Porto Serralves Festa

Todos os anos decorre em Serralves o 'Serralves em Festa' - um evento de 50 horas non-stop, e que é, por isso, um dos mais extensos do mundo. Da música à dança, do teatro aos espectáculos de luzes - são dezenas as actividades que acontecem ao longo deste tempo (incluindo duas noites adentro), espalhadas um pouco por toda a Fundação. A adesão já atingiu uns impressionantes 226 mil (mais de 100 mil pessoas por dia para assistir Cultura!), e o evento - cada vez mais internacional a cada ano - já foi destacado em cidades tão distantes e importantes como Los Angeles, a Ocidente, e Tóquio, a Oriente.
92/160
Feira Medieval
Porto Feira Medieval

Todos os anos, em Santa Maria da Feira, decorre uma das maiores feiras medievais do mundo. O recinto ocupa a própria cidade, numa zona considerável em torno do castelo, e lá dentro o tempo viaja até à Era Medieval. Nas tascas e tabernas serve-se o que se servia nesse tempo, nas lojas vende-se o que se vendia nesse tempo, muitos dos que por lá andam vestem-se como se vestia naquele tempo, e todas as actividades que lá decorrem são pensadas ao pormenor para parecer, de facto, que se está naquele tempo. A adesão por edição já ultrapassou a fasquia dos 600 mil - o que faz deste evento o evento realizado anualmente com maior adesão em Portugal!
93/160
São João
Porto São João

O São João é celebrado um pouco por todo o mundo (até na Ásia!). No caso do Porto é mesmo a principal festa - e de tão importante que é, move muitas mais pessoas do que a própria Passagem de Ano. Na noite da véspera, massas humanas ocupam a Baixa, o Centro Histórico, toda a marginal ribeirinha e ainda a frente marítima, totalizando várias centenas de milhar, às quais se juntam outras tantas, uma vez que fora deste núcleo principal, cada bairro, cada paróquia, e muitas vezes até cada prédio, um pouco por todo o lado na cidade e arredores, monta o seu estaminé ou barraca aberta a todos os que lá passem. No São João a festa é total, e com um pequeno martelo de plástico ou alho porro é permitido bater na cabeça de qualquer um!
94/160
Festas Populares
Porto Festas Populares

O São João não é a única festa popular! O Senhor de Matosinhos, por decorrer ao longo de três semanas em vez de um dia, leva ainda mais pessoas do que o São João - segundo a Câmara de Matosinhos, suplanta todos os anos, e por uma boa margem, a fasquia do milhão! Depois há o São Pedro da Afurada, o São Pedro da Póvoa, a Festa da Senhora da Hora, todas elas festas fartas, vastas, apetrechadas de muita diversão e munidas de uma ambiência popular descontraída, despreocupada, feliz! E em nenhuma delas falta o grande Fogo de Artifício.
95/160
Música na Rua
Porto Música Rua

Um dos eventos mais engraçados da cidade é o Música na Rua - as principais estações de metro são invadidas por jovens músicos e bandas, e estes, por sua vez, usam as notas musicais para trazer alguma cor às breves passagens das milhares de pessoas que a cada hora passam pela rede. A iniciativa não só trás música ao dia a dia das pessoas, como é uma excelente montra de bandas novas.
96/160
Bombarda
Porto Bombarda

O advento (agora transformado em evento) que deu a alcunha de 'Bairro das Artes' à zona de Miguel Bombarda e ruas adjacentes nasceu quase de forma orgânica quando, algures 'lá numa rua da Baixa', dezenas de galerias de arte passaram a inaugurar, em simultâneo, novas criações. Algo inédito no País e no Mundo até então, atraiu portugueses de todo o Portugal, muitos estrangeiros, muita fama, e transformou-se num acontecimento ultra cosmopolita que agora decorre algumas vezes por ano. Muita arte, muito estilo, e muitas pessoas muito diferentes entre si são o Pão Nosso de Cada Dia em que há 'Inaugurações Simultâneas de Miguel Bombarda / Porto Art District'.
97/160
Iberanime
Porto Iberanime

Uma das melhores apostas (fora do Japão) para se viver a Cultura Pop Japonesa em qualquer ponto do globo é o Iberanime, que decorre todos os anos no Porto (e em Lisboa). Com a qualidade e quantidade do que lá há e acontece, este evento é um pequeno santuário para qualquer geek!
98/160
Color Run
Porto Color Run

A 7 de Abril de 2013, em Matosinhos, decorreu a primeira Color Run da Europa.
99/160
Open House
Porto Open House

Em qualquer cidade há muito boa Arquitectura que é interdita ao grande público - edifícios privados, edifícios públicos fechados, edifícios de escritórios, etc. O Porto Open House adereça essa questão! Quando decorre, muita da Arquitectura habitualmente fechada ao público abre-se a visitas guiadas, de dia e de noite, permitindo a todos conhecer por dentro aquilo que, por norma, só conhecem por fora. A adesão destes espaços tem sido estupenda, mesmo a de alguns sítios bem improváveis, o que faz deste evento um dos mais sui generis da cidade.
100/160
A Francesona
Porto Mega Francesinha

De todos os desafios lançados por restaurantes em toda a cidade, o título de mais impossível coube ao restaurante Verso em Pedra - quem conseguisse comer a Mega Francesinha sozinho e sem se levantar da cadeira, não só não a pagava como recebia uma guitarra. Durante anos a guitarra manteve-se intocada, mas o impossível lá aconteceu - alguém conseguiu ingerir, sozinho, a monstruosidade que se vê na imagem.
101/160
O Paparico
Porto O Paparico

O número de referências de vinho no restaurante O Paparico é de 1.148! Um número que possibilitaria a qualquer pessoa um jantar por dia, todos os dias e acompanhado por um vinho diferente, ao longo de mais de três anos.
102/160
Intl. Food
Porto Intl. Food

Contando com 1.686 (e a aumentar a cada dia que passa) restaurantes de cozinha internacional divididos entre dezenas de nacionalidades distintas, o Porto já não fica na sombra das principais Mecas da Comida do planeta, tais como São Paulo, Nova Iorque, Los Angeles ou Tóquio.
103/160
Os Mercados
Porto Mercados

Mercados! Infelizmente, uma forma de comércio cada vez menos comum. Centros comerciais, suburbanização, e outros factores, levaram à sua decadência, e no Porto, nem os nomes de peso resistiram - até recentemente! Para combater esta tendência, estas estruturas de comércio carismáticas foram alvo de profundas reformas aos olhos de padrões modernos, cânones sofisticados, e voltaram a ganhar a vida que haviam perdido. O Mercado do Bom Sucesso e o Mercado da Foz são apenas dois exemplos! Quanto ao Mercado do Bolhão - o mais emblemático de todos eles - vai, também, renascer! O braço de ferro contra os 'shoppings' começa, finalmente, a reequelibrar-se.
104/160
Os Miradouros
Porto Miradouros

As margens altas do Douro deram aso a que muitos cafés, bares e restaurantes transformassem as suas esplanadas em autênticos miradouros. Ao longo de mais de 15 quilómetros a norte e a sul do rio, são muitos os espaços semelhantes ao da imagem.
105/160
A Muralha
Porto Muralha Fernandina

Nos dias de hoje ainda existem - em grande estado de conservação - boas partes da antiga Muralha Fernandina. Estas são, inclusive, um dos monumentos mais antigos que se podem ver na cidade, uma vez que a sua conclusão data do ano 1370! Têm 9 metros de altura, e quando existiam na totalidade formavam um perímetro de 2,6 quilómetros.
106/160
Loja NY
Porto Nova Iorque

A situação geográfica de Portugal, só por si, trás-lhe algumas curiosidades... geográficas! A maior e melhor de todas elas é o Cabo da Roca, em Leiria - o ponto absoluto mais a Ocidente de toda a Europa Continental. Bem menos pomposa mas, ainda assim, não menos curiosa, é a loja de bicicletas DouroBike - no letreiro pode ler-se 'A ÚLTIMA LOJA DE BICICLETAS ANTES DE NOVA IORQUE' - e assim o é, à semelhança do Porto, a metrópole europeia mais próxima daquela metrópole americana :)
107/160
Casino
Porto Casino

Com apenas dois casinos, o Porto pode estar a anos-luz de Macau e Las Vegas, porém, no Casino Espinho, existe o único jogo de carros do mundo.
108/160
Jogos
Porto Jogos

Abriu, na cidade, em 2010, a primeira empresa mundial que cria jogos para casinos - a Fabamaq. Hoje, com 180 funcionários, está presente em diversos mercados internacionais, tais como Camboja, Espanha, Estados Unidos, Irlanda, Filipinas, Macau, China, México, Paraguai e Uruguai. Em 2018, esta criou a Obu Studios, submarca focada no desenvolvimento de jogos de casino online, e que adereça a demanda mundial neste opulento sector.

Será mais uma das muitas empresas da cidade e entrar para o grupo das 'Billion Dollar Companies'? Força, Portugal!
109/160
Boom Cultural
Porto Cultura

No início do século o número de eventos e actividades lúdicas ou culturais ocorridos anualmente na cidade-metrópole rondava os 20 mil. Hoje ronda os 35 mil. Como referência, em São Paulo ocorrem 90 mil eventos anualmente. Se considerarmos que Sampa é uma megacidade com o dobro da população de Portugal, o núcleo de toda a América e o terceiro do planeta com mais actividade cultural, podemos perceber que para a dimensão do Porto a actividade cultural é muito alta. E se aliarmos os valores brutos ao crescimento de 75% em menos de 20 anos, percebemos, com números, que efectivamente esta cidade é, cada vez mais, um ponto incontornável da movida europeia e mundial.
110/160
Boom Turístico
Porto Turismo

No final do século passado o número de dormidas na região turística 'Porto e Norte de Portugal' não chegava ao milhão. Hoje, o número daqueles que optam por passar por cá ultrapassa os 9 milhões - o que se traduz num aumento superior a 800% no espaço de apenas uma geração!
111/160
Boom Tráfego
Porto Tráfego

Em 2002 o tráfego no Aeroporto Internacional do Porto pouco ultrapassou os 2,5 milhões. No rolling year actual, ultrapassa já os 12 milhões e meio - um valor 500% superior em pouco mais de 15 anos. O acréscimo percentual face aos anos anteriores tem-se fixado, sempre, na marca dos dois dígitos, e novas expansões do aeroporto estão, agora, a ser viabilizadas. Estima-se que entrará para o grupo dos grandes aeroportos mundiais nos próximos anos.
112/160
TOP100 MUNDIAL
Porto TOP100Mundial

Em 2017 o Porto entrou, finalmente, para o TOP100 Mundial - No ranking Top 100 City Destinations, base científica da Euromonitor International e que analisa as mais turísticas metrópoles da Terra, o Porto ocupou a 96º posição, de entre as mais visitadas do planeta. Tão ou mais relevante, porventura, é o facto desta ter subido, entre 2012 e 2017, 42 posições - algo que a torna, a par de Abu Dhabi, a 6ª cidade mundial que mais posições subiu!
113/160
Tradição
Porto Tradição

Uma das tendências mais trágicas de muitas cidades do mundo - e especialmente da Europa - é a detereoração e por vezes o total desaparecimento daquele a que podemos chamar de carisma original - como se o cosmopolitismo engolisse toda a tradição e tendências da velha guarda. Por cá, todas as matrizes tradicionais vêm sendo preservadas, e a forte corrente da globalização vigente não destrói - complementa. Vendedores e vendedoras percorrem as ruas. Lojinhas, tascas e pequenos mercados subsistem. Roupas são penduradas a secar ao Sol não muito longe das sedes de muitos Bancos, gentes muito próprias - típicas de um Portugal de outros tempos - partilham as calçadas com as enxurradas de estrangeiros. É, em suma, um cenário verdadeiramente cosmopolita - um cosmopolitismo sem vergonhas.
114/160
Moda
Porto Moda

Aquele que é muitas vezes aclamado como 'o maior evento de moda nacional' - o Portugal Fashion - é actualmente uma marca de renome internacional - a título de exemplo, já marcou presença em Londres, Milão, Nova Iorque, Paris, e ainda na nossa Lisboa. Mesmo no Porto já saiu de 'casa', quando as passerelles 'saíram' da Alfândega rumo ao Parque da Cidade - onde foi criada a Cidade da Moda. Este evento de topo não só traz os grandes nomes do mundo a Portugal como mostra em primeira mão a elite do estilo português ao mundo. A existência, no mesmo ponto do planeta, da imagem que vemos em cima e a imagem da curiosidade anterior, é, em si, uma valiosa pérola daquilo a que podemos chamar de Cultura Mundial.
115/160
PPL > 1M
Porto Redbull

Houve, na História de Portugal, duas ocasiões em que mais de 1 milhão de pessoas se agregaram num só dia, com um só propósito, e distribuídas numa massa humana contínua. Uma em 2017, quando o Papa Francisco visitou Fátima. A outra em 2009, na terceira vez em que o Red Bull Air Race visitou o Porto - 850 mil pessoas agregaram-se nas duas margens do rio, e 200 mil distribuíram-se pela Foz, da Praia dos Ingleses até à Praia Internacional, totalizando 1.050.000 pessoas focadas num só evento, e batendo pela primeira vez em Portugal a barreira dos sete dígitos.
116/160
GWC
Porto GWC

O Porto é uma das 9 cidades do mundo pertencentes ao grupo 'Great Wine Capitals' - um grupo de cidades unidas ao Turismo do Vinho - e que pretende criar uma rota dos 'pontos obrigatórios' para todos aqueles que, através dos 4 cantos do mundo, apreciem o precioso néctar. O carimbo 'GWC', sozinho, já fez o turismo oriundo dos E.U.A aumentar em mais de 300%! As 8 companheiras do Porto são: Verona (Itália), Valparaíso (Chile), São Francisco (E.U.A), Mendoza (Argentina), Mainz Rheinhessen (Alemanha), Lausanne (Suíça), Bordéus (França), Bilbao (Espanha), e Adelaide (Austrália). Para quem gosta de vinho TOP, que não haja equívocos: qualquer uma destas cidades é TOP! :)
117/160
Harry Potter
Porto Harry Potter

J.K.Rowling iniciou a saga Harry Potter nos anos em que viveu no Porto. Segundo a escritora, algumas das atmosferas mágicas presentes nos livros beberam inspiração da cidade - em particular a Livraria Lello e o Café Majestic - locais que frequentava no início dos anos 90 - e ainda a Estação de São Bento.
118/160
Ouro
Porto Ouro

Se excluirmos a Reserva Nacional de Ouro, o local do País onde podemos ver mais quantidade deste precioso metal é (n)a Igreja de São Francisco, no Centro Histórico - cerca de 600 quilos de ouro cobrem a maioria das suas paredes - tendo esta sido mesmo apelidada de Igreja de Ouro. A pequena megalomania está ao lado de uma outra - o Palácio da Bolsa. É muito valor incalculável por centímetro cúbico...
119/160
Animais
Porto Animais

Quem vem cá pode visitar não um, mas dois jardins zoológicos! Um na Zona Norte - o Zoo da Maia, e o outro na Zona Sul, em Gaia - o Zoo de Santo Inácio. Para complementar estes dois existe, ainda, o Parque Biológico de Gaia, um espaço que funciona, em essência, como um jardim zoológico, ao conter centenas de espécies de animais a viver em habitats naturais. Em conjunto, formam uma área equivalente a 89 campos de futebol e recebem, anualmente, mais de um milhão de visitantes.
120/160
Reserva de Aves
Porto Aves

Por norma, quando pensamos em Reservas Naturais, associamos a lugares distantes dos grandes centros urbanos - mas esse não tem, necessariamente, de ser o caso! No Cabedelo, entre o rio, a cidade e o mar, situa-se a Reserva Natural Local do Estuário do Douro, um sítio excepcional para aves migratórias e ainda algumas que só existem ali em todo o planeta - rodeadas, de um lado, por praias fluviais, e do outro, Atlânticas. Trata-se de um local a todos os níveis exótico, em plena Porta da Europa, e é aberto a todos!
121/160
Andando
Porto Transportes Alternativos

Para além dos transportes públicos habituais e dos serviços comuns de aluguer de transportes privados, quem visita a cidade dispõe de uma vastíssima panóplia de opções vocacionadas para o turismo, em pequenos ou grandes grupos, e com guia. São elas os passeios de autocarro turístico, comboio turístico, tuk tuk, sidecars, carros clássicos, super carros, limusinas, 'pão de forma', cruzeiro, barco rabelo, iate, canoa, mota de água, wake cable, surf, paddle, helicóptero, avioneta, bicicleta, segway, teleférico, funicular, elétrico, e mais de uma centena de excursões a pé!
122/160
A Linha de Todos
Porto Bairros

O Metro do Porto tem um troço denominado de 'tronco comum', no qual várias linhas da rede partilham o mesmo trajecto, dotando as zonas por onde passam de maior mobilidade - este 'tronco comum' atravessa grande parte das zonas mais pobres da cidade, que são, à partida, aquelas que mais precisam de um serviço de transportes públicos eficiente.

Uns adjacentes aos outros, são atravessados na íntegra os Bairros do Viso, Ramalde, Francos e Lapa. Não é, a modo algum, o melhor cartão de visita para a cidade (até porque a cidade, de um modo geral, é muito diferente destes bairros em particular), mas serve quem mais precisa, e esse é, afinal, o derradeiro objectivo de uma rede de transportes públicos.
123/160
Metro Ponte
Porto Metro Ponte

Aquando da construção do Metro do Porto, o tabuleiro de cima da Ponte Dom Luís I foi reconvertido para acomodar a Linha Amarela - por esse motivo, um dos principais ex-líbris turísticos da cidade é, estranhamente, o 'acto de andar de metro' no troço entre a estação de São Bento e do Jardim do Morro, do outro lado da margem.
124/160
Cidades Irmãs
Porto Cidades Irmãs

Se considerarmos todos os municípios que integram o Grande Porto, o número de cidades geminadas (internacionais) é de 54! Entre elas estão São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, no Brasil, Luanda, Maputo e Beira, em África, Xangai, Nagasaki e Macau, na Ásia, ou Salzburgo, Bristol e Vigo, na Europa.
125/160
Galardões I
Porto Cidade Galardões

O Porto já recebeu a distinção de "Melhor Destino da Europa" cinco vezes. Três pela European Best Destinations, e uma pela Lonely Planet e Airbnb. Já a Time Out considerou-a a 2ª cidade mais incrível do mundo, e o Huffington Post o 25º destino mais recomendado a nível global. A Tripadvisor identificou-a como o 1º destino emergente da Europa e o 3º do Mundo, e a Trivago como a 19ª cidade mundial com melhor reputação hoteleira. Com base em vários critérios de vários sectores, a IESE Business School considerou-a a 67ª melhor cidade do planeta. Num recente ranking dedicado às cidades do futuro, o (extremamente) reputado Financial Times colocou o Porto no 8º lugar mundial.
126/160
Galardões II
Porto Cidade Galardões II

O Financial Times destacou o Porto como a 3ª melhor cidade para se investir no Sul da Europa. A International Congress and Convention Association, por sua vez, identificou-a como o 31º melhor destino mundial de negócios e Congressos Internacionais. A European Best Destinations galardoou a cidade com vários títulos - são eles o de 14º destino europeu para congressos, 13º destino europeu para se passar a reforma, 15ª cidade mais romântica da Europa, 5ª melhor cidade para solteiros da Europa e ainda a 8ª cidade mais 'gay friendly' da Europa. A World of Wonderlust ainda a considerou a 9ª mais romântica do Velho Continente, e a Tripadvisor, por fim, declarou-a como a 10ª melhor cidade mundial para degustar vinhos.
127/160
Casa da Música
Porto Casa Música

O NY Times considerou a Casa da Música como uma das 100 casas de espectáculos mais importantes do mundo dos últimos 100 anos. Já o Times destacou-a como a 5ª obra mais representativa da arquitectura mundial na primeira década do séc.XXI. A Emporis, Twistedsifter e a CNN, consideraram-na, respectivamente, a 2ª, 9ª e 15ª casa de concertos mais bonita do planeta. Foi ainda destacada em vários locais como tendo uma das melhores acústicas a nível global.
128/160
Sede Vodafone
Porto Vodafone

O ArchDaily considerou a Sede da Vodafone Porto como o edifício do ano a nível mundial, e o The Cool Hunter colocou-o no TOP20 de edifícios de escritórios mais criativos do mundo.
129/160
Dragão
Porto Dragão Cobertura

A European Convention for Constructional Steelwork considerou a cobertura do Estádio do Dragão a melhor cobertura metálica mista de qualquer estádio em toda a Europa.
130/160
Intl. Airport
Porto Aeroporto

Em 10 anos o Aeroporto Internacional Francisco Sá Carneiro recebeu mais de 10 prémios internacionais, entre os quais o de 3º melhor aeroporto da Europa, pela Airports Council International, e o de 10º melhor aeroporto do planeta, pela eDreams. Foi, ainda, distinguido pela Airports Council International com o 1º lugar dentro dos aeroportos até 20 milhões de passageiros, sendo, por isso, o melhor da Europa na sua categoria.
131/160
Terminal Leixões
Porto Cruzeiros

Na gala da AZURE - a AZ Awards, em Toronto, no Canadá - o Terminal de Cruzeiros do Porto de Leixões recebeu o Prémio Internacional de Arquitectura e Design, quando concorria com 825 outros projectos em mais de 50 Países. O ArchDaily considerou-o, ainda, o Edifício do Ano 2017!
132/160
Porto Business
Porto Business School

Há 9 anos consecutivos que uma das Business School da cidade (a Porto Business School da Universidade do Porto) figura no TOP Mundial - e porque tem vindo a melhorar consistentemente a sua posição, tudo indica que lá permaneça (no topo) por tempo indefinido. Actualmente, segundo o ranking Executive Education do Financial Times, é a 69ª melhor do planeta.
133/160
Museu Serralves
Porto Museu Serralves

O Museu Internacional de Arte Contemporânea de Serralves foi considerado o 9º melhor Museu da Europa pela European Best Destinations.
134/160
Alfândega
Porto Vinho do Porto

Por 2 anos consecutivos, o Edifício da Alfândega foi destacado pela Business Destinations como o melhor Centro de Congressos da Europa. De destacar, ainda, é o facto de no espaço de 4 anos ter recebido o título 3 vezes - algo inédito para qualquer outro Centro de Congressos.
135/160
U.Porto
Porto Universidade

No Qs World University Rankings by Subject, 24 Faculdades da Universidade do Porto figuram entre as melhores do mundo. Fora do âmbito da qualidade, mas também merecedor de destaque, é o facto da U.P. ser a Universidade portuguesa com mais alunos.
136/160
Ponte D. Luís I
Porto Ponte Dom Luiz

A Ponte D. Luís I foi aclamada como a 2ª ponte mais bonita da Europa pela European Best Destinations. A mesma entidade ainda a considerou uma das Sete Maravilhas do Velho Continente, tendo-a colocado na 6ª posição. Prezamos em saber que na óptica internacional há, em toda a Europa, apenas 5 maravilhas mais maravilhosas do que a nossa maravilhosa ponte! :)
137/160
São Bento
Porto São Bento

O New York Times, a Flavor Wire e a European Best Destinations colocaram a Estação de São Bento, respectivamente, nas 10ª, 8ª e 7ª posições, na categoria de 'estações de comboios mais bonitas do mundo'.
138/160
Lello & Irmão
Porto Lello

Quer a Lonely Planet quer o The Guardian consideraram a Livraria Lello a 3ª mais bonita do mundo. A Travel + Leisure disse ser uma das mais belas a nível mundial. Já a CNN e a Time não se pouparam e entitularam-na mesmo como a mais bonita da Terra! Com a fama veio a afluência de turistas, e algo inusitado aconteceu (tendo em conta que o espaço é, em essência, uma loja) - a entrada agora é paga (sendo a totalidade do valor deduzível em livros). Actualmente é visitada por mais de 1,2 milhões de pessoas por ano - um valor que supera largamente qualquer museu de Portugal, incluindo, até, o de Serralves.
139/160
Majestic
Porto Majestic

A UCityGuides considerou o Majestic o 6º café mais bonito do mundo.
140/160
Imperial
Porto McDonalds

Numa votação pública que decorreu no site 9Gag, o Imperial McDonalds foi o que arrecadou mais votos entre os demais 'mais belos McDonalds do Mundo', sendo, por isso, na opinião popular, o mais bonito de todos eles! A traça original do antigo Café Imperial manteve-se intocada pelo gigante norte-americano, e o espaço é hoje um ícone global da Fast Food, em plena Avenida dos Aliados.
141/160
Reveillon
Porto Reveillon

Ainda que largamente ultrapassada pela Festa de São João em afluência de público, a passagem de ano no Porto é, ainda assim, uma grande festa, ao ponto da European Best Destinations a ter considerado como o 6ª melhor Reveillon da Europa. A afluência pode não chegar aos 7 dígitos, mas muitos costumam marcar presença, e nos últimos anos a festa tem vindo a aumentar. Só na Avenida dos Aliados já se concentram mais do que aqueles que seriam possíveis de se agregar no somatório dos estádios do Dragão, Luz e Alvalade juntos! À meia noite, o fogo de artifício costuma durar mais de 15 minutos.
142/160
Cedofeita District
Porto Six Senses

A Timeout considerou a zona de Cedofeita o 31º bairro mais cool do mundo: 'Its restaurants evoke cuisines from all over the world, its museums have unmissable collections and there's a whole block dedicated to contemporary art galleries and murals.'
143/160
Guindais
Porto Guindais

O Funicular dos Guindais foi destacado como o 6º melhor funicular da Europa, pela European Best Destinations.
144/160
Palácio Cristal
Porto Palácio Cristal

O Jardim do Palácio de Cristal foi considerado o 9º melhor jardim urbano da Europa, pela European Best Destinations.
145/160
Vale do Douro
Porto Vale Douro

A European Best Destinations chamou o Vale do Douro de 3ª Região Vinícola mais bonita da Europa, e ainda a 6ª paisagem mais bonita, independentemente da categoria.
146/160
Cruzeiros Douro
Porto Cruzeiros Douro

O Huffington Post considerou o Douro o melhor rio europeu para se fazer cruzeiros.
147/160
The Yeatman
Porto The Yeatman

A Wine Tourism Awards Drinks International considerou o The Yeatman o melhor hotel vínico do mundo. A Fodor's Travel destacou-o como o 19º hotel urbano, e ainda como o 25º a nível global, independentemente da categoria. A piscina do hotel, The Yeatman Pool, foi considerada a melhor da Europa, quer pela EBD, quer pelo The Telegraph. Já a Bacchus Suite, a suite presidencial do The Yeatman, foi considerada a 3ª melhor suite de hotel da Europa pela EBD. Por fim, o restaurante do The Yeatman foi condecorado com 2 estrelas Michelin. Com valores base que ultrapassam os 500€ por noite, este é o hotel mais caro do Porto.
148/160
Like a Bauss!
Porto Comer Bem

O The Yeatman foi considerado pela Traveler como um dos 25 melhores locais para se comer da Europa.
149/160
Miramar
Porto Miramar

O The Guardian entitulou a Praia do Senhor da Pedra como a 2ª melhor portuguesa, e a European Best Destinations como a 10ª da Europa.
150/160
Bandeiras Azuis
Porto Bandeiras Azuis

No seu apogeu, 102 praias do Grande Porto foram galardoadas com a Bandeira Azul - ao todo, são quase 50 quilómetros de praias vigiadas, com areia limpa e água limpa - uma das maiores extensões em qualquer ponto do globo - e que torna o Porto num daqueles pontos preciosos do planeta onde o turismo balnear e o turismo cultural andam de mãos dadas. No Verão as águas ultrapassam os 20 graus praticamente todos os dias, e centenas de milhar acorrem aos areais diariamente.
151/160
Fantasporto
Porto Fantasporto

A Variety chamou o Fantasporto de 'um dos 25 Festivais de Cinema mais influentes do Mundo'. O REC, Labirinto do Fauno ou o Se7en, são 3 dos grandes vencedores do Fantas.
152/160
Francesinha
Porto Francesinha

A Francesinha - quiçá o mais internacional dos pratos da cozinha portuense - foi considerada a 8ª melhor iguaria da Europa pelo The Culture Trip. Já o Condé Nast Travelar e a Short List destacaram-na, respectivamente, como a 2ª e a 3ª melhor sanduíche do mundo. O AOL Travel, por sua vez, colocou-a no TOP10 das melhores sanduíches a nível global.
153/160
Super Bock
Porto Vinho do Porto

Em 90 anos, a Super Bock recebeu 40 medalhas Monde Selection. 39 foram de Ouro, e dessas, 34 foram consecutivas. Isto coloca a cerveja portuense entre as melhores das melhores! Em Portugal é a cerveja mais vendida. Mas há mais cervejas produzidas na cidade. Entre as quais a grande e cada vez maior Nortada e diversas artesanais, tais como a Afonso, Beata, Biltre, Bode, Burguesa, Deusa, D'os Diabos, D'Ouro Beer, Gaius, Grande Birra by Dirk, Lindinha Lucas, Post Scriptum, Quinas, Sovina, Vadia, Vitória e Zurrapa. Na cidade decorre ainda, anualmente, o Porto Beer Fest - um grande evento dedicado às cervejas artesanais, onde centenas de marcas e modelos de todo o mundo podem ser provadas.
154/160
Wine Spectator
Porto Vinho do Porto

Desde o início do Sec.XXI 60 vinhos do Porto ou Douro figuraram o TOP100 anual do principal ranking mundial de vinhos. No melhor ano atingiram mesmo o topo, quando o Symington Porto Vintage Dow's 2011, o Symington Chryseia Douro 2011 e o Quinta do Vale Meão 2011 foram considerados, respectivamente, como o melhor, 2º melhor e 4º melhor do mundo.
155/160
Imagem de Marca
Porto Marca

A Identidade Gráfica do Porto foi muito premiada um pouco por todo o mundo - a título de exemplo, ganhou um Graphis - em Nova Iorque, um pensil da D&AD Awards - em Londres, e dois prémios no European Design Awards, incluindo o prémio máximo de 'Melhor da Europa' - em Istambul. Já chegou, inclusive, ao outro lado do planeta, servindo de exemplo o grande destaque recebido na revista Design 459, da Coreia do Sul. Foi, ainda, protagonista numa das mais importantes conferências de design do Médio Oriente - a Design Muscat - onde foi referido (via Times of Oman) que a cidade 'é capaz de garantir júbilo suficiente para várias vidas', e que 'é no Porto que estão os principais centros produtivos e industriais de Portugal'.
156/160
O Prestígio
Porto Reconhecimento Mundial

Ao todo, são já mais de 500 - se contarmos apenas o Séc.XXI - o número de ocasiões em que a cidade ou qualquer obra, produto ou tendência associados directamente à cidade foram galardoados com um prémio internacional de renome ou colocados numa prestigiada Top List de uma entidade global qualquer.

Ainda que possamos especular sobre a subjectividade destes rankings, a quantidade massiva de referências positivas ao Porto é algo bem objectivo. Daqui aos antípodas, estamos no globo!
157/160
Quotes I
Porto Quotes 1

'O Porto mexe, convida e apetece, renovou-se. Está mais cosmopolita e boémio. Inspira-nos. Nas novas geografias urbanas cruzam-se tendências e experiências de várias cidades europeias. Há cada vez mais Berlim, Londres e outras capitais dentro deste mapa. Assim é o novo Porto, cool e apetecível.' - EXPRESSO

'The random splashes of creativity in street art and azulejos, the musty cellars of big-name Port lodges, the design scene, the high-spirited nightlife, the glorious food... even when you can't see the river, you can sense it; even when you can't see the ocean, you can smell it. Trust me, this is one soulful city and you too will soon be smitten.' - LONELY PLANET
158/160
Quotes II
Porto Quotes 2

'Bustling with commerce, the design-savvy city of Porto plays a convincing Milan to Lisbon's Rome. Its pristine beaches, 10 minutes from downtown, give it a touch of Malibu, too.' - NEW YORK TIMES

'A symphony for the senses: considered to be the best european destination in 2014, Porto is a city full of contrasts, where tradition and cosmopolitan life live side-by-side in a perfect duet.' - TOTALLY JEWISH TRAVEL

'Porto is exceptional, in more ways than one' - EUROPEAN BEST DESTINATIONS
159/160
Quotes III
Porto Quotes 1

'At night, we like to have a good time in good company, and Porto offers just the right places for this. There are places which are welcoming and intimate, or more modern ones, with innovative and open-minded concepts, spaces with spaces within, where an assortment of cultures and arts live side-by-side, showing off the creativity and irreverence of the city’s young creators, and gay friendly ones, where no one will feel discriminated against. '

'Porto and Northern Portugal are perfect for retirees who want to have an active social and cultural life and benefit from an airport connected to the whole world. Porto enjoys an incredible quality of life and all the facilities of a large city' - EUROPEAN BEST DESTINATIONS
160/160
porto-numeros
Pila